VIVENDI TEM PREJUÍZO DE 1,01 BI DE EUROS APÓS DESCONSOLIDAÇÃO DA TELECOM ITALIA

A Vivendi teve prejuízo líquido de 1,01 bilhão de euros no acumulado total de 2022, segundo balanço corporativo divulgado nesta quarta-feira, 8. A gigante de comunicação francesa informou que o valor se deve em parte à “desconsolidação” das ações da Telecom Italia, que levaram a perdas em torno de 1,3 bilhão de euros.

No ano anterior, a empresa havia registrado lucro líquido recorde de aproximadamente 24 bilhões de euros devido ao mesmo processo de redução na participação acionária na Universal Music Group.

Já o resultado por ação registrou lucro de 0,33 euros, em termos ajustados, também menor que o resultado de 0,57 euros por ação em 2021.

Em 2022, a Vivendi gerou uma receita total de 9,59 bilhões de euros, aumento de 10,1% em comparação ao ano anterior, apontando que o resultado se deve a boa performance da Havas, Canal+ Group e Gameloft.

A empresa ainda comunicou que encerrou o ano fiscal de 2022 com uma dívida acumulada em caixa de 860 milhões de euros, em grande parte devido ao investimento na Lagardère e ao investimento da subsidiária Canal+ Group no MultiChoice Group. Em 2021, a Vivendi havia registrado fluxo de caixa de 348 milhões.

No comunicado, a Vivendi também informa que desde dezembro não tem qualquer influência significativa sobe a Telecom Italia.

Fonte: Agência Estado-Broadcast+

 

Notícias Recentes

Dúvidas e Informações

Profissionais com vasto conhecimento em gestão empresarial e intermediação financeira.

Disclaimer

Aviso Importante

Política

De Privacidade

COMPROMISSO

Nosso compromisso é praticar gestão e atendimento com transparência, preservar o patrimônio do investidor, adotando o mais alto padrão ético de governança.

SELO ANBIMA

E2M Investimentos © 2023. Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Many Marketing